A Umbanda vivencia o Evangelho de Jesus em sua essência através da manifestação do amor e da caridade prestada pela orientação dos Guias, Mentores e Protetores que recebem a irradiação dos Orixás. Encontramos no terreiro da verdadeira Umbanda entidades que trabalham com humildade, de forma serena, caritativa e gratuita; espíritos bondosos que não fazem distinção de raça, cor ou religião, e acolhem todos que buscam amparo e auxílio espiritual, conforto para dores, aflições e desequilíbrios das mais variadas ordens.

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Seguidores do Saravá Umbanda

terça-feira, 17 de abril de 2012

O que é Umbanda?



Abaixo está um breve resumo sobre como definimos a Umbanda.

Umbanda é uma religião, pois tem um conjunto de crenças e doutrinas para se explicar as manifestações divinas, a justiça divina, o espírito e sua imortalidade. Enfim, é um conjunto de fundamentos e crenças que religam o homem ao sagrado, a Deus.

Umbanda não é um culto Afro. É religião Brasileira.

A Umbanda sofreu várias modificações durante os anos, tanto em seus objetivos, como em suas práticas e rituais. Então, podemos dizer que é uma religião sincrética, pois se fundamenta a partir de outras doutrinas, crenças, religiões e filosofias, mais isso não a faz inferior as outras, pois a originalidade da Umbanda não está na invenção, mas na nova interpretação e na renovação de antigos conceitos.

A Umbanda é uma religião monoteísta, isto é, ela não crê em deuses, mais sim em um único deus (Deus-Uno), o criador. Obs.: Os orixás não são deuses.

A Umbanda é uma religião cristã, pois acredita em Jesus Cristo e é seguidora fiel de suas ações e palavras.

A Umbanda é espiritualista e reencarnacionista, pois acredita no espírito, a sobrevivência do mesmo após a morte carnal e no retorno a matéria.

A Umbanda crê também nas palavras descritas por Allan Kardec, como a Lei da Ação e Reação (Lei Kármica), "para toda ação ou omissão, seja ela boa ou má haverá uma reação", e no livre arbítrio, ou seja, cada um é responsável final pelos seus atos.

A Umbanda é uma religião baseada na mediunidade, pois sendo o espírito imortal, entende-se que existe uma comunicação entre os espíritos desencarnados e os encarnados.

Em nosso Templo praticamos a Umbanda seguindo os ensinamentos do caboclo das Sete Encruzilhadas, com a presença do sincretismo euro – ameríndio - afro - católico e a influência do esoterismo.

Lembre-se que a Umbanda hoje tem várias ramificações, sempre de acordo com a linha doutrinária de cada casa.

Umbanda é Religião, Umbanda é Graça, Umbanda é Fé, Umbanda é Cristo, Umbanda é Caridade e principalmente: Umbanda é Amor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ouça os Pontos de Linha de Esquerda da Umbanda

"Reconhece-se o verdadeiro Espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que faz para domar as suas más inclinações "

Allan Kardec

A Umbanda não é responsável pelos absurdos praticados em seu nome, assim como Jesus Cristo não é responsável pelos absurdos que foram e que são praticados em Seu nome e em nome de seu Evangelho. Caboclo Índio Tupinambá.

Baixar Pontos de Umbanda

DOWNLOADS-CDs de Pontos
DOWNLOADS-CDs de Pontos

Saravá

Estrela de Davi - Dois triângulos sobrepostos, reunidos formando um hexagrama simbolizam a harmonia entre os dois opostos. O resgate e a ascensão de todas as almas rumo à espiritualidade. Pois em verdade aquele que se encontra em grau mais alto possui um correspondente em grau mais baixo. Esta simbologia refere-se ainda, à não estaticidade da evolução, pois não existem dores e tampouco infernos eternos, uma vez que, se a evolução é infinita, aquele que se situa no ponto mais alto, ao evoluir, leva consigo todo sistema, sendo que o que está no grau mais baixo, por sintonia, também subirá. Saravá o Astral Maior!

SARAVÁ!
SA = Força, Senhor RA = Reinar, Movimento VÁ = Natureza, Energia.
Saravá significa então a força que movimenta a natureza. Saravá também pode significar "Salve" ou "Viva". Na Umbanda, Saravá também é utilizada como uma saudação possuindo o sentido de "Salve sua força!", da força de Deus e da natureza que estão dentro da pessoa, como no mantra indiano namastê, que significa: o Deus que tem dentro de mim, saúda o deus que tem dentro de você. Saravá!